• Canal Saúde - Fiocruz
  • atalho para menu o principal desta página
  • atalho para a busca de vídeos desta página
  • atalho para o conteúdo desta página
  • atalho para os destaques desta página
  • CES do Paraná comemora 20 anos com seminário sobre comunicação e mobilização

    01/06/2014

    Canal Saúde participa do evento em mesa de debate e cobertura para telejornal



    CES do Paraná comemora 20 anos com seminário sobre comunicação e mobilização

    Canal Saúde participa do evento em mesa de debate e cobertura para telejornal

     

    O Conselho Estadual de Saúde do Paraná reuniu cerca de 300 conselheiros municipais de saúde no Seminário de Comunicação para o Fortalecimento da Política do SUS. O evento aconteceu em Curitiba, nos dias 27 e 28 de maio, e comemorou os 20 anos do CES/PR. Palestras e debates estavam na programação, que contou com o Canal Saúde para discutir o papel da comunicação na mobilização social para o controle das diretrizes das políticas públicas de saúde.

    Auditório repleto, participantes engajados, assim transcorreu o seminário que, fato pouco comum, não teve como foco principal o debate sobre o orçamento da saúde, tampouco manter a discussão sob a ótica das dificuldades e entraves que os militantes da área vivem há décadas. Pessoas de municípios distantes estavam ali até o fim do evento para refletir sobre a importância da comunicação e de suas ferramentas disponíveis hoje. Ferramentas que contribuem para a multiplicação da informação e a mobilização cada vez maior de usuários do SUS para entrar no movimento pela melhoria na qualidade do atendimento na saúde, sobretudo, na atenção básica.

    As palestras contaram com nomes como o pesquisador e professor da Fundação Oswaldo Cruz, André de Faria Pereira Neto, com a apresentação sobre “Participação, Redes Sociais e SUS”. Ele mostrou a importância dessas ferramentas no mundo contemporâneo e a velocidade da informação que nos faz perder o controle da repercussão que ela toma. Também para falar sobre “Redes Sociais em Órgãos Públicos”, a representante do Governo do Estado do Paraná, a publicitária Cris Alessi defende que as redes sociais não são replicadoras de notícias, são ferramentas de relacionamento e engajamento. Para tanto, é preciso ser lúdico e atual nas postagens mesmo sendo um órgão público. “O que nos diferencia é a linguagem”, completa Cris.

    Na seqüência, o professor da Universidade Estadual de Londrina, João Campos, debate sobre “Rede Unida como Espaço de Articulação Nacional nas Políticas de Saúde no campo da Formação”. Ele defende a ideia de se formar redes, mas defende também que rede pressupõe relacionamento e confiança. Da mesma forma, o representante da Pastoral da Criança, Clóvis Boufleur, atento à 15ª Conferência Nacional de Saúde, cujo enfoque é Comunicação e Mobilização, reforça a questão da confiança para se pensar em relacionamentos e traz a preocupação em pensar outra forma de realização dessas grandes conferências, que mobilizam tantas pessoas e que precisam ter seus desdobramentos realizados pós-evento.

    Por fim, para falar sobre “A Mobilização Social na Área da Saúde através do uso do Vídeo e da TV”, a coordenadora de comunicação social do Canal Saúde, Ana Cristina Figueira, destacou a íntima relação entre a discussão dos conselhos de saúde sobre o controle social na área e a própria criação e construção do Canal Saúde até hoje. Ressaltou o status que a área de mobilização tem dentro da emissora e a rede que está se formando para fortalecer o controle social através das informações apuradas e noticiadas pelo canal de TV.

    O seminário recebeu a cobertura do Jornal da Saúde, telejornal diário e ao vivo do Canal Saúde. Nesse link é possível assistir à edição sobre o evento em Curitiba.

     http://www.canal.fiocruz.br/video/index.php?v=Jornal-da-Saude-29052014-JDS-0728

    Mais informações:

    Ana Cristina Figueira – 21 3194-7743

    anacrisfigueira@fiocruz.br

     

    Canal Saúde realiza novas oficinas em Tocantins

    21/05/2014

    Emissora realizou mais dois módulos sobre produção audiovisual para operadores do SUS em Palmas



    Canal Saúde realiza novas oficinas em Tocantins

    Emissora realizou mais dois módulos sobre produção audiovisual para operadores do SUS em Palmas

    O Canal Saúde realizou, entre 05 e 09 de maio, duas novas oficinas de produção audiovisual para operadores do Sistema Único de Saúde (SUS) em Palmas (TO), em parceria com a Escola Tocantinense do SUS (ETSUS). As oficinas foram programadas a partir de um pedido da escola e já estão em sua segunda edição. Uma das oficinas realizadas foi o segundo módulo do trabalho iniciado no final de 2013. Já a outra foi o primeiro contato de seus participantes com a linguagem audiovisual. Servidores da ETSUS e também de outras instituições, inclusive de outros municípios do estado, fizeram parte do trabalho.

    Os objetivos da oficina de introdução à produção audiovisual são ampliar a capacidade de reflexão e avaliação crítica sobre processos de comunicação na área da saúde e desenvolver a habilidade de elaboração de estratégias de comunicação dos participantes, com ênfase nos produtos audiovisuais. A oficina também ensinou noções básicas sobre todas as etapas do processo de produção audiovisual para que os alunos se tornassem aptos a produzir pequenos vídeos e fez uma apresentação sobre o Canal Saúde para que fosse possível pensar em conjunto parcerias e estratégias de veiculação.

    As oficinas foram ministradas pela superintendente do Canal Saúde, Márcia Correa e Castro, pela agente de Mobilização, Joanna da Hora, pelo editor do Canal Saúde, Swami Barão e pelo produtor, Fábio Assuf.

    No segundo módulo da oficina promovida pela emissora em Tocantins, que deu continuidade ao trabalho iniciado no ano passado, os alunos ampliaram seus conhecimentos sobre edição de vídeos. Como resultado do trabalho, os participantes finalizaram um vídeo institucional de 11 minutos sobre a Escola Tocantinense do SUS com o material gravado no primeiro módulo, em novembro de 2013. Depois de pronto, o vídeo foi compartilhado nas redes sociais da Secretaria de Saúde de Tocantins

    A outra turma, que travava o primeiro contato com a linguagem audiovisual, participou do módulo inaugural da oficina, que sofreu algumas modificações para provocar ainda mais a reflexão sobre comunicação e saúde e estimular o pensamento crítico sobre o assunto. "No final do primeiro módulo, os alunos realizaram vídeos de um minuto com base em roteiros escritos por eles mesmos e se surpreenderam positivamente com as habilidades desenvolvidas a partir do que foi exposto e exercitado nas primeiras atividades teóricas do trabalho", afirmou a agente de Mobilização do Canal Saúde, Joanna da Hora.

    Enquanto os operadores do SUS não avançam para módulos seguintes, que têm como objetivo capacitar os servidores para, no futuro, montarem uma unidade de produção audiovisual na ETSUS, ficou estabelecido por meio de uma parceria com o Canal Saúde que eles poderão enviar material bruto gravado, acompanhado de roteiro, para que vídeos produzidos nesse meio tempo sejam editados por profissionais da emissora.

    A oficina em Tocantins é mais um dos desdobramentos do seminário "Que Canal Saúde Você Quer Ver?", realizado em maio de 2013, com representantes de Conselhos de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), conselhos estaduais e secretarias de saúde de todo o Brasil, com o objetivo de mobilizar a audiência da emissora.

    Veja os vídeos produzidos pelos participantes da Oficina de Produção Audiovisual do Canal Saúde em Tocantins:

    Vídeo Institucional ETSUS

    Educação Permanente

    Problemas Respiratórios

    Saúde do Homem

    Mais informações:

    Assessoria de Comunicação – Canal Saúde/Fiocruz/Ministério da Saúde
    Gabriel Cavalcanti da Fonseca – 21 3194-7743 gabrielcfonseca@gmail.com

    Coordenação - Ana Cristina Figueira

     

    www.canalsaude.fiocruz.br    www.twitter.com/canalsaude    www.facebook.com/canalsaudeoficial

    Oficina, lançamento de site e divulgação de pesquisa marcam os 19 anos do Canal Saúde

    11/12/2013

    Câmara Técnica do Conass participa do evento que acontece nos dias 12 e 13 de dezembro



    O Canal Saúde/Fiocruz está completando 19 anos e, para marcar a data, lança no dia 12 de dezembro a Página de Mobilização da Audiência no site da emissora e apresenta os resultados da primeira etapa da sua IV Pesquisa Nacional de Audiência. Além disso, o Canal também realiza, nos dias 12 e 13 de dezembro, uma oficina de produção de vídeo, em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), para membros da Câmara Técnica de Comunicação Social da entidade, composta por assessores de comunicação das secretarias estaduais de saúde. O evento acontecerá no Salão Internacional da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Ensp/Fiocruz), na Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro.
     
    A Página de Mobilização é resultado de discussões durante o seminário "Que Canal Saúde Você Quer Ver?", realizado em maio deste ano, e tem como objetivo ampliar a interação com o público prioritário da emissora, formado por operadores do Sistema Único de Saúde (SUS).  A ideia é que ele não apenas assista à programação, mas também faça uso dela para suas atividades na área de saúde. O subsite contará com notícias voltadas para o setor, uma área para agendamento de eventos, como oficinas e palestras, sugestões de pauta, área para troca de informações e contatos, entre outras novidades. 
     
    O evento vai começar com um café da manhã para os convidados, seguido por uma mesa de abertura presidida pelo presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, que também vai contar com o superintendente do Canal Saúde, Arlindo Fábio Gómez de Sousa. Em seguida, a superintendente da emissora Marcia Corrêa e Castro apresenta os resultados da primeira etapa da IV Pesquisa Nacional de Audiência do Canal.
     
    Na parte da tarde do dia 12, começa a oficina de produção de vídeo do Canal Saúde, ministrada pela superintendente do Canal, Marcia Corrêa e Castro para 30 participantes. Esse dia vai contar ainda com o com uma apresentação do IdeiaSUS por Alice Branco, coordenadora do projeto. A iniciativa é um banco de compartilhamento de práticas e soluções relacionadas a saúde e meio ambiente, resultado de cooperação técnica entre a Fiocruz, o Conass e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Além dos membros da Câmara Técnica de Comunicação Social do Conass, também participarão da oficina de produção de vídeo do Canal assessores de comunicação das unidades regionais da Fiocruz de sete estados.